Como Apresentar o Gato para Outros Animais

Como Apresentar o Gato para Outros Animais

APRESENTANDO UM NOVO GATINHO AO SEU GATO ADULTO

A boa notícia é que gatos adultos tendem a ser mais gentis com gatinhos ou gatos jovens do que com outros adultos. Se ambos os gatos forem castrados, melhor ainda (contanto que seu veterinário opine que o gatinho já tem idade suficiente para ser castrado).

 

Antes de levar o novo gatinho para casa, ou nos primeiros dias de introdução do seu gatinho, acostume o gato que você tinha antes com o cheiro do seu novo companheiro. Troque suas roupas de cama várias vezes durante a primeira semana e, se um dos gatos fica com raiva ou angustiado com o cheiro, tente oferecer conforto e calma associando o novo cheiro a uma experiência positiva, como um saboroso petisco.

 

APRESENTANDO UM GATO ADULTO AO SEU GATO ADULTO

Se você vai levar um gato adulto novo para uma casa onde já existe outro gato adulto, siga estas dicas para tornar a apresentação o mais próspera e segura para todos:

 

Para começar, mantenha os dois gatos separados. Forneça ao seu novo gato o seu próprio quarto, onde poderá ser instalado durante alguns dias com a sua própria comida, uma cama quente, tigelas de água e uma caixa de areia.

Enquanto o seu novo gato está se instalando no quarto que você destinou para ele, comece a dar a conhecer o seu cheiro ao seu outro gato. Deixe seu gato cheirar suas mãos e roupas. Fale com eles carinhosamente e acaricie-os tranquilizadoramente.

Use um ou dois sprays de feromônio sintético e conecte difusores por toda a casa, especialmente nos quartos destinados a eles nesse período, porque isso pode ajudá-los a relaxar e aceitar a presença de outros gatos.

Uma vez que ambos os gatos se sintam confortáveis ​​com o cheiro um do outro, você pode deixá-los explorar o território do outro, mas mantê-los separados.

Quando você tenha certeza de que ambos se sentem relaxados nas áreas um do outro, você pode começar a apresentá-los um ao outro. Mantenha um dos gatos preso em uma gaiola ou casinha de transporte e deixe o outro explorar e cheirar por alguns minutos. O gato estará protegido e isso não fará com que nenhum deles fuja. A última coisa que você precisa neste momento é uma louca perseguição de gatos! Esteja atento à linguagem corporal, haverá certos olhares fixos, miados e pelos eriçados enquanto eles se acostumam um com o outro. É um comportamento completamente normal e vai acontecer, então tente não reagir. Mas se você acha que é muito cedo para apresentá-los porque tentam trocar golpes, separe-os por um tempo antes de tentar novamente.

Você terá que realizar este exercício várias vezes em salas diferentes, trocando os papéis de gato "seguro" e gato "livre" até que eles reajam calmamente uns aos outros.

Não force os gatos a estarem próximos uns dos outros. Ofereça-lhes muito espaço e lugares para onde fugir se quiserem apenas paz e tranquilidade.

Se tudo correr bem, seus dois gatos devem se tornar grandes amigos, brincar um com o outro, e se limparem juntos, mas seja paciente. Esse tipo de relacionamento pode levar tempo para se desenvolver e não ocorrerá na primeira vez em que você apresentar seu novo gato ao seu gato adulto.

 

Se eles parecerem desconfortáveis na companhia um do outro e não houver sinais de melhora, separe-os e peça ao seu veterinário mais conselhos sobre gatos. Pode ser que ele proponha um educador felino que pode oferecer ajuda especializada.

 

Como regra geral, geralmente leva duas semanas para que dois gatos se tornem amigos. Se você passou duas semanas seguindo as dicas anteriores, mas apesar de seus esforços ainda existem duas personalidades felinas que não se dão bem, pergunte-se se o seu novo gato seria mais feliz em outra casa. Pode ser melhor para ambos os gatos que você considere procurar de um novo lar para o seu novo gato com uma família que possa recebê-lo calorosamente por parte de cada um de seus membros.

 

APRESENTANDO UM NOVO GATO AO SEU CÃO

A apresentação de um gato potencialmente nervoso a um cão excitável deve ser feita com cuidado para o bem-estar de ambos os animais de estimação. Siga nossas dicas úteis para uma apresentação sem complicações.

 

APRESENTANDO UM NOVO GATO OU GATINHO AO SEU FILHOTE

A coisa mais importante quando se apresenta um novo gato ao seu filhote de cachorro é a segurança - tanto do cão como do gato. Um filhote superexcitado pode facilmente machucar um gatinho e um gato assustado pode causar muito dano com suas garras. Portanto, leve as coisas mais tranquilamente, concentre-se nas necessidades de ambos os animais de estimação e promova uma amizade maravilhosa baseada no respeito mútuo.

 

APRESENTANDO UM NOVO GATO OU GATINHO AO SEU CÃO ADULTO

Mesmo que seu cão esteja acostumado com gatos - e seja improvável que ele vá fazer alguma coisa para seu novo gato ou gatinho - é importante ter muito cuidado com as apresentações.

 

Ao apresentar o seu novo gato ao seu cão, é muito importante ajudar ambos os animais a se sentirem relaxados na companhia um do outro. Comece por proteger seu novo gato dentro de uma gaiola ou cesta para gatos que seja à prova de cães e guie seu cão em direção a ele pela coleira.

Recompense seu cão por estar calmo e, no caso de latidos repetidos, mantenha a calma.

Repita o processo em várias lugares da casa, certificando-se sempre de que tanto o gato como o cão se sintam seguros e protegidos.

Quando tiver certeza de que ambos se sentem calmos e relaxados, deixe o gato sair da gaiola ou da cesta, mas mantenha o cão na coleira.

Mantenha a calma - os animais de estimação sentem seu estresse - e deixe que eles comecem a cheirar um ao outro. Continue recompensando o bom comportamento e a calma. Repita isso no maior número de lugares possíveis.

Supervisioná-los até que você saiba que eles vão se dar bem, e só deixar o seu cão sem coleira na companhia do gato, uma vez que você tenha certeza de que ele não irá reagir ou tentar caçá-lo.

Certifique-se de que seu gato tenha um bom lugar para fugir caso se sinta desconfortável, fora do alcance do cão.

Se você tiver mais de um cão, sempre apresente seu gato a um de cada vez.

Certifique-se de que seu cão não tenha acesso à caixa de areia do seu gato porque, como eles são necrófagos, tendem a consumir o conteúdo da caixa. Não é uma coisa boa, mas é verdade!

Separe cães e gatos na hora da refeição para que ambos possam comer em paz - você pode preferir alimentá-los em quartos separados ou alimentar seu gato em uma superfície elevada onde o seu cão não consiga alcança-lo.

Certifique-se de que seu gato tenha muitas possibilidades de caçar, perseguir e atacar brinquedos móveis. É provável que o seu cão não queira que o gato use o rabo como brinquedo.

A coisa mais importante quando se apresenta um novo gato a outro gato ou cachorro é a segurança. Se seu cão estiver continuamente nervoso ou agressivo com seu gato (ou vice-versa), converse com seu veterinário e considere levá-lo a um especialista.

 

Você pode gostar

Você tem um Gato com Excesso de Peso
Gatos podem facilmente adquirir alguns quilos, mas é importante saber por que isso acontece para poder evitar problemas de saúde. Saiba mais!
Ferramenta de Condicionamento Físico para Gatos
PURINA® Gat Fitness Tool foi desenhada para mostrar a importância de uma dieta saudável e para manter o seu gato nas melhores condições.
A Chegada de um Novo Gato em Casa
Levar um gato ou gatinho para casa pela primeira vez é muito excitante, mas é preciso um pouco de planejamento.