Dermatite canina: saiba sintomas e o que fazer

Purina Dermatite canina: saiba sintomas e o que fazer

Se você perceber que seu cãozinho está se coçando mais do que o normal, fique atento, pois esse pode ser um sintoma da dermatite em cachorros, uma doença comum que atinge cães de diversas raças e idades.

Neste artigo, descubra tudo sobre a dermatite canina:

  • O que é a dermatite canina?
  • Sintomas da dermatite em cachorros
  • Causas da dermatite em cães
  • Tratamento para dermatite canina
  • Prevenção da dermatite em cães

 

O que é a dermatite canina?

A dermatite canina é uma infecção ou inflamação na pele dos cachorros, que pode causar coceira, vermelhidão, feridas e outros sintomas desagradáveis. Ela pode ser uma reação alérgica a algum elemento externo, como picadas de pulgas, ou resultar de uma alergia alimentar, infecção bacteriana ou período de estresse.

Algumas raças de cachorro possuem predisposição genética a desenvolver a dermatite atópica – uma variedade da doença –, como Labrador e Pitbull. Para outras, a tendência de ter dermatite está ligada ao comprimento do pelo, como as raças Cocker Spaniel e Golden Retriever, que possuem pelos longos e espessos.

Sintomas da dermatite em cachorro

O primeiro passo para curar seu amiguinho é perceber os sintomas da dermatite canina. Veja abaixo os principais:

  • Coceira: como outras doenças, a dermatite pode causar coceira no seu companheiro de quatro patas, uma vez que resseca a pele;
  • Descamação, feridas e vermelhidão na pele: com o ressecamento da pele, pode também haver descamação e aparecimento de feridas, com ou sem pus, além de vermelhidão nas regiões afetadas;
  • Queda de pelo: por causa das feridas e descamação, seu amiguinho pode ter queda de pelo, que resulta em falhas localizadas ou generalizadas;
  • Lambidas frequentes: as lambidas podem ser tanto um sintoma quanto causa da dermatite, uma vez que podem desencadear a “dermatite psicogênica”.

 

Causas da dermatite em cães

Essa doença pode ser causada por uma ampla gama de fatores, desde estresse até alergias alimentares e a insetos. Descubra as principais causas da dermatite canina:

  • Predisposição genética: alguns cães possuem uma tendência maior de desenvolver dermatite atópica canina, que é uma reação alérgica forte a elementos comuns do ambiente. Para esses cachorros, poeira, ácaros e pólen podem ser agravantes da condição. Por isso, a dermatite alérgica em cães deve ser acompanhada por um veterinário;
  • Infecção bacteriana: uma ferida infectada por uma bactéria resistente pode provocar um quadro de dermatite canina sério. A lesão pode ficar vermelha, com pus ou não, e causar uma coceira constante nos cãezinhos. Entre as infecções mais comuns, está a piodermite, que atinge cães de diferentes raças;
  • Alergia alimentar: essa é uma das causas mais difíceis de detectar, uma vez que o cãozinho pode desenvolver a alergia ao longo dos anos. Então, mesmo se você não alterou a alimentação do seu amiguinho recentemente, ele pode ter desenvolvido uma alergia alimentar – por isso, fique de olho nos sintomas dessa condição, como a dermatite;
  • Infecção fúngica: além das bacterianas, essas infecções também podem causar dermatites sérias, que devem ser tratadas rapidamente. Algumas raças têm maior probabilidade de desenvolver esse tipo de dermatite, como Poodle e Shar-pei – essa última possui dobrinhas pelo corpo, que podem acumular fungos se não forem higienizadas e secadas corretamente após o banho;
  • Lambidas: caso o pet esteja estressado ou ansioso, pode começar a lamber as patas para aliviar esses sintomas, o que pode desencadear uma dermatite psicológica, também chamada de dermatite psicogênica. Para tratar essa doença, leve seu amiguinho ao veterinário. O profissional pode receitar até  antidepressivos ou ansiolíticos para controlar a condição;
  • Alergia a picada de insetos: a dermatite alérgica à picada de pulga (DAPP) ocorre quando o cachorro desenvolve uma hipersensibilidade a componentes da saliva das pulgas e passa a ter tolerância zero às picadas desses insetos. Além das pulgas, o cachorro pode desenvolver alergia a picadas de carrapatos, mosquitos e outros parasitas.

Tratamento para dermatite canina

Para curar seu amiguinho, leve-o ao veterinário. Não tente resolver você mesmo a situação com um remédio caseiro para dermatite canina, uma vez que ele pode até agravar a condição.

O veterinário iniciará o tratamento adequado para o tipo de dermatite do seu companheiro, seja com uma dieta hipoalergênica, antialérgicos, antifúngicos, antibióticos ou outros medicamentos. Para cachorros com dermatite psicogênica, podem ser receitados antidepressivos e ansiolíticos para melhorar o humor e bem-estar do animal.

Prevenção da dermatite em cães

Para prevenir essa condição desagradável, você deve tomar alguns cuidados com seu amigo de quatro patas, como:

  • Manter a casa limpa: como a dermatite pode ser causada por agentes externos, como bactérias, ácaros, fungos, pólen e até poeira, limpar os ambientes pelos quais o cachorro circula – e os acessórios com que tem contato – é uma forma de prevenir essa forma da doença;
  • Oferecer uma alimentação balanceada: para fortalecer o sistema imunológico do seu animal de estimação e evitar diversas doenças, alimente-o com rações para cachorro de qualidade, como as Rações Purina, que possuem todos os nutrientes necessários para os pets;
  • Utilizar produtos específicos para cães nos banhos: um produto inadequado pode causar irritação ou alergia na pele do seu cãozinho; então, use sempre shampoos, sabonetes e outros produtos desenvolvidos para cachorros, evitando a dermatite;
  • Manter a medicação em dia: como os parasitas causam diversas doenças nos cães, inclusive a dermatite, é importante dar vermífugos e antipulgas ao seu amigo de quatro patas regularmente, de acordo com as recomendações veterinárias;
  • Secar o cachorro depois do banho: para evitar a proliferação de fungos, lembre-se de secar muito bem o pelo do seu cachorrinho após os banhos, principalmente se ele tiver dobrinhas pelo corpo ou pelos longos.

 

Perguntas Frequentes

Quais são os sintomas da dermatite alérgica em cachorros?

Os sintomas envolvem distúrbios na pele dos animais, como vermelhidão, ressecamento, descamação, feridas, coceira e queda de pelo.

Quais são as causas da dermatite canina?

Entre as principais temos alergia à picada de pulgas, alergia alimentar, infecção bacteriana, lambidas frequentes, infecção fúngica e até predisposição genética à dermatite atópica canina.

Posso dar remédio caseiro para dermatite alérgica em cães?

Não, pois soluções caseiras podem piorar a situação e até colocar a vida do seu amiguinho em risco. Então, se perceber sintomas dessa condição, leve o cachorro ao veterinário.

O que é a dermatite atópica canina?

É um tipo de dermatite causado por alérgenos comuns, como ácaros, pólen e poeira. Os pets que desenvolvem essa doença geralmente apresentam predisposição genética para ela.

Qual é o melhor remédio para dermatite canina?

Aquele que o veterinário recomendar. Nunca medique seu animal de estimação por conta própria.

Como prevenir dermatite em cães?

Para prevenir essa doença, você deve tomar alguns cuidados, como manter a vermifugação e a medicação antipulgas em dia, só dar banho no seu pet com produtos específicos para cachorros, oferecer alimentos saborosos e nutritivos – como as Rações Purina –, manter a casa e os acessórios do cão limpos e secar muito bem seu amiguinho depois do banho.


Fontes:

https://inovaveterinaria.com.br/dermatite-em-cachorro/ 
https://www.petz.com.br/blog/cachorros/saude-e-cuidados-cachorros/dermatite-canina/ 
https://www.hospitalpopularveterinario.com.br/2020/07/16/tudo-o-que-voce-precisa-saber-sobre-a-dermatite-canina 
https://animalmedcenter.com/canine-allergic-dermatitis/